Oi gente, tudo bom?! 

Lucca responde: Bom!!

O vídeo de hoje é daqueles de fofura extrema. Muito mais do que ler o post, permitam-se a sentir!! 

Sabe quando faltam palavras para o vocabulário?! 

Eis-me aqui. Hahahahaha

Sinceramente aquele ditado “01 imagem vale mais do que 1.000 palavras” nunca fez tanto sentido. 

Peguem a pipoca, apertem o play e observem atentamente as balbucias, entonações, respostas e movimento, do nosso pequeno grande bebê de luz…

A parte mais linda da educação de um filho consiste em observar seu crescimento; as conquistas diárias de uma sílaba, o passo desengonçado do primeiro caminhar, a relação gestual da associação; tudo é novo e explorado nessa fase de amadurecimento pessoal. (E olha que estou falando de um bebê de 01 ano e alguns dias, rs.)

No vlog de hoje, de uma forma muito pura e íntima, Milla resolveu não só abrir as portas de sua casa, mas literalmente do seu coração. 

De uma forma leve; de descobertas e sincericídios; amor e acertos, nossa mamãe YouTuber mostrou, e mostra, onde vem acertando no crescimento e no processo evolutivo do seu bebê.

Uma coisa bem clara durante as imagens foi a constatação de que o estímulo começa desde a barriga. Ter um contato direto de diálogo, tempo e valorização uterina, faz toda a diferença nessa conexão pós parto.

“As meninas me perguntaram: Como é que você estimula Lucca?! Eu converso com ele desde a barriga; muita gente acredita que tem relação, muita gente não acredita… eu acredito!! O estímulo, você tá sempre interagindo com ele, dando importância ao que ele está falando; mesmo que seja balbuciando algumas entonações, ele entende. Cada coisinha que você for dando importância, ele vai se sentindo mais confiante de soltar a voz, pra andar também. Por exemplo, se ele estiver andando e só ficar em pé e cair, já aplaude. Êêêê filho, arrasou!! Ele fica feliz, fica mais confiante. É igual a gente, adulto… imagina, você vai, tenta fazer alguma coisa e não dá certo. Aí vem alguém e fala: -Você nunca vai conseguir. Não, né?! Se vier alguém e falar -Vai, vai, você consegue. Você fica mais animado e mais confiante; com o bebê é a mesma coisa. Principalmente o bebê que está começando a lidar com as primeiras frustrações; por exemplo, ele vai pegar na tomada e eu falo -Nã nã ni nã nãoooo!! Eu não consigo não dizer, não. Eu acho que na vida a gente vai levar muitos não’s, e essa é a forma como eu educo Lucca…”

É notório o quanto Lucca é evoluído para a idade que tem. Isso vem muito do tempo que você dedica a seu filho. Criança é repetição. Estímulos que são dados e gerados através daquilo que ele vê. Reação e resposta.

“Você quer ser entrevistado?! (Gesto de negação com a cabeça.) Nãooooooo?! Lucca, você não quer?! (Gesto de negação com um sorriso nos lábios.) Vamos bater um papo?! -Pá, pá… Como é seu nome?! Quantos anos você tem?! -Um. Você gosta da mamãe?! -Mã, mã. Você ama?! -Ama. Você sabe contar?! 1, 2, 3… você sabe fazer boca de velho?! (Ele responde gestualmente.) E fazer boca de peixe?! (Também responde com gestos.) Nossa, que legal!! E como é que dá a bênção pra mamãe?!”

Parem tudo para admirar esse momento; é uma das cenas mais lindas que vocês verão nos últimos tempos:

(Link do vídeo)

A lição que tiramos do vídeo é a seguinte: 

“Não importa o quão novinho seu bebê seja, porque muitas vezes as mães subestimam: -É só um recém nascido, não entende nada. Não gente, não, não, não, não!! Eu acho que a construção de tudo, desde o útero até pra sempre; você ser parceira, você estar presente mesmo, e não só o seu corpo. Às vezes eu tô com o Lucca na sala, e eu tô no celular e ele está me mostrando as coisas: -Bo… e eu tô no celular; caramba, ele está me mostrando a bola sabe, e eu tô aqui dando atenção ao celular. Eu paro, peço pra Rodrigo ficar um pouquinho com ele enquanto eu resolvo minhas questões no celular. Eu prefiro sair, resolver o que eu tenho que resolver, e voltar; tudo isso pra estar presente completamente de corpo, alma e coração. Pra ele interagir mais, se soltar mais, confiar mais em mim e, consequentemente, eu aproveito e curto mais ele. Então essa é a mensagem que eu tenho para as mamães, tenham um tempo de qualidade com o filho de vocês, façam isso, não estejam ali só por estar… quando vocês estiverem ali, estejam porque vocês querem estar ali. Estão entendendo o que eu quero dizer?!”

Claro ou com toda a certeza do mundo que tanto Lucca, quanto Lunna, nasceram com pais abençoados?!

Dediquem-se a conhecer seus filhos.

Passa tudo muito rápido.

Até o próximo vídeo.

Com amor, Kinhu. =*

(Visited 1 times, 1 visits today)

Sobre a Autora

Avatar

Comentários

1 Comentário

  1. Avatar

    vídeo mais fofo do universo. Amei as reflexões da Milla

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode utilizer marcadores HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Secured By miniOrange
Close